A história do protagonista da foto que impressionou milhões na JMJ 2019

“Somos chamados à alegria, à alegria da verdade”
janeiro 25, 2019
Do “like”ao “amém”: mensagem do Papa para o 53º Dia das Comunicações Sociais
janeiro 25, 2019

A história do protagonista da foto que impressionou milhões na JMJ 2019

A Jornada Mundial da Juventude é marcante em vários sentidos – em especial para a juventude, mas também para todos os cristãos – e um agente transformador na vida de muitos jovens de todo o mundo. “Alegra-me poder-vos dizer hoje: Pedro está convosco, para celebrar e renovar a fé e a esperança!”, proclamou o Papa Francisco, durante a cerimônia de acolhida.


Em seu primeiro dia de visita ao Panamá, mais uma vez o Papa Francisco protagonizou uma cena que certamente ficará imortalizada como um dos principais momentos da JMJ 2019. Nessa cena há também um jovem de 17 anos, o Lucas, que participa da Paróquia Imaculada Conceição de La Chorrera, no Panamá. Ele é portador de necessidades especiais e foi levantado por amigos para ver o Santo Padre passar em seu papamóvel. Francisco o viu no meio da multidão, e o abençoou.


A tão falada foto pertence a Carlos Yap, que a compartilhou em sua conta no Instagram. Carlos estava no lugar certo na hora certa. Ele aguardava para fotografar o trajeto do Pontífice do Aeroporto Internacional de Tocumen até a Nunciatura Apostólica. “Tudo foi como estar no momento certo”, disse Carlos em entrevista ao Grupo ACI.O fotógrafo que também é católico, conta que já estava em um dos andares de cima de um hospital, mas pensou que para conseguir uma foto melhor, deveria estar perto de onde o Santo Padre iria passar. Por isso, saiu para a rua e subiu em uns vasos de planta. “Foi o momento em que o Papa chegou muito rápido. Pensei que a minha câmera ia falhar porque depois de três disparos começou a travar um pouco. E, justamente quando foi o quinto, sexto disparo, aconteceu esta foto”, disse na entrevista.

Dona Milixa Olmedo, mãe de Lucas, contou também em entrevista, que o filho é um jovem alegre e extrovertido. Ele sofre de uma paralisia mista que o impede de andar, falar e mexer uma das mãos. “Ele entende tudo e se comunica através de um smartphone com o qual escreve e tem um leitor de voz. Apesar de suas deficiências, Deus deu outras coisas para Lucas, como o dom da música, porque com uma das mãos ele toca tanto o órgão como um instrumento conhecido como cortina. Eu não podia acreditar e, quando cheguei a vê-lo, Lucas estava muito emocionado”.
Com informações da ACI Digital