Jovens indígenas partilham desafios e esperanças

Artesãos panamenhos farão parte da JMJ
janeiro 17, 2019
Solidariedade faz café!
janeiro 19, 2019

Jovens indígenas partilham desafios e esperanças

Com o lema "Assumimos a memória do nosso passado para construir com coragem a esperança", de 17 a 21 de janeiro, em Soloy, comarca de Ngäbe-Bugle, Panamá, se realiza o Encontro Mundial da Juventude Indígena. Esse encontro reúne cerca de 400 jovens de países como Panamá, Guatemala, Brasil, México, Peru, Bolívia e Honduras.
Uma grande surpresa para os jovens indígenas foi a mensagem em vídeo que o Papa Francisco lhes dirigiu, na qual os encorajou a celebrar a fé em Jesus Cristo com alegria:
O primeiro dia do encontro aborda a memória viva dos nossos povos, enquanto o segundo, a luta para manter a harmonia com a Mãe-Natureza, a partir da riqueza de nossas culturas à luz da Laudato Si'. O último dia abordará a importância da participação ativa dos jovens indígenas na construção de um melhor mundo possível.
Cada dia começa com um momento de alegria através de animação, canto, música e danças, orações mostrando a própria identidade cultural. Em seguida, um festival com jogos ancestrais, peregrinações, atividades ecológicas e é terminado com eventos culturais preparados por grupos locais.
Neste próximo domingo, à tarde, acontecerá a missa de encerramento presidida pelo Cardeal José Luis Lacunza.