O Papa Francisco se reunirá com crianças panamenhas em condição de vulnerabilidade social

Portugal é anunciada como sede da próxima JMJ em 2022
janeiro 27, 2019
Lisbon, Portugal, will be the host city of WYD 2022
janeiro 27, 2019

O Papa Francisco se reunirá com crianças panamenhas em condição de vulnerabilidade social

Papa Francisco visita jovenes de Malambo

O Papa Francisco se reunirá com crianças panamenhas em condição de vulnerabilidade social

Durante a Jornada Mundial da Juventude, o Lar San José de Malambo terá um momento único que, sem dúvidas, permanecerá na história dessa instituição. No domingo 27 de janeiro, a irmã Lourdes e 9 crianças saudarão o Papa Francisco durante um encontro emocionante.
O Lar San José de Malambo foi fundado há 47 anos no Panamá, e atualmente abriga 153 crianças em condição de vulnerabilidade. O Lar é administrado pela Companhia Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. A irmã Lourdes é a fundadora desta instituição que ajuda jovens a sair de suas condições de risco através dos valores católicos, da formação acadêmica e do amor que se dá a cada criança que se une a essa família.
Nesse lar, há crianças que foram vítimas de diferentes tipos de abuso, de abandono ou portam o vírus HIV. No entanto, cada uma delas é tratada com especial afeto dentro dessa casa.
Lá se encontram menores que são refugiados, provenientes do Haiti, Equador, África do Sul, Somália, Tanzânia, Angola, Camarões, entre outros. A fundação têm missionários estrangeiros, e atualmente possui voluntários da Espanha e dos EUA.
O encontro esperado será na Casa Hogar El Buen Samaritano. Lá, o Papa Francisco receberá um presente feito pelos menores do Lar San José de Malambo. Embora o presente seja uma surpresa, já se sabe que será uma obra de arte onde os símbolos panamenhos e católicos serão os protagonistas. Uma menina de 12 anos, residente do LAr, dirigirá algumas palavras comoventes ao Santo Padre.
Segundo a irmã Lourdes, o Papa Francisco conhece a história do Lar, já que um sacerdote panamenho lhe contou a existência desta obra social católica fundada há mais de 47 anos.

Irmã Lourdes

Originalmente, ela se chama Idia Reis Flores, têm 56 anos de vida consagrada e pertence à Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. Começou sua formação na Guatemala, depois foi enviada a El Salvador e em 1972 chegou a Malambo. Têm 77 anos de idade, nasceu em 14 de fevereiro de 1942 e fala inglês e espanhol.

O Lar San José de Malambo

Fundado em 1947, é um lar para crianças que se encontram em vulnerabilidade social. Sua missão é formar os menores de idade com valores firmes na fé católica, oferecer-lhes a possibilidade de desenvolver um ofício e oferecer-lhes educação em todos os níveis.
Ele conta com 138 crianças de 8 meses a 18 anos de idade. Para se manter, a instituição conta com terras dedicadas ao cultivo de alimentos que são comercializados. Além disso, a maioria das crianças possui um padrinho que tem a responsabilidade de cuidar delas em datas especiais e dar-lhes o amor de família.