– 41

– 40
dezembro 12, 2018
– 42
dezembro 10, 2018
Já são mais de 30 anos de caminho nas JMJ. Sou infinitamente grata a Deus, porque por oito edições pude participar como peregrina, voluntária, organizadora e espectadora de cada uma delas, experiências que guardo em minha memória e que seguem sendo comoventes, inspiradoras, inesquecíveis e irrepetíveis.
Posso dizer que as Jornadas Mundiais da Juventude inspiraram meu estilo de vida, gosto de viver me sentindo peregrina, peregrina da fé que se abandona em Deus enquanto se coloca a caminho, que vive itinerante essa aventura da fé em que, como Igreja, somos um junto a Jesus Ressuscitado; sou uma peregrina que vibra junto de outros corações jovens com a esperança de dizer “presente” em cada novo chamado do Santo Padre; em cada JMJ temos uma família que nos espera, pais que nos abraçam, irmãos para compartilhar nossa forma de ser e viver, talvez não falemos a mesma língua e achemos que nos entendemos pouco...mas como peregrinos todos queremos participar desta grande festa da juventude, preparamos nossos corações para viver e descobrir espiritual e sacramentalmente as surpresas que o Senhor nos reserva a cada nova edição.
No Panamá não será diferente...em menos de 50 dias se converterá na capital que abraça a juventude católica que vem de todas as partes do mundo para a América Latina. Será a sede da Igreja Jovem que chega plena de alegria para inundar a cidade.
Somos convidados a evangelizar, com nosso espírito missionário, este jovem continente, o continente da esperança! Continente que estará cheio de Graça! A Graça de Nossa Mãe Maria, que desde já intercede junto a nosso Pai para que todos que peregrinamos a Jesus, vindo de outras terras, sintamos a força do Espírito Santo e sejamos testemunhas do amor durante esta experiência da JMJ Panamá 2019.
Luisa Vilchez, Venezuela