– 54

– 53
novembro 29, 2018
– 55
novembro 27, 2018
Sou da Costa Rica e participei da última JMJ, em Cracóvia; ali conheci aquele que agora é meu esposo. No primeiro momento que nos vimos, sentimos uma forte ligação e, apesar de não conseguirmos nos comunicar (por conta do idioma, ele é alemão), sentíamos uma grande segurança um no outro. Logo em seguida ele começou a ter aulas de espanhol. Em dois meses ele foi me visitar na Costa Rica; aos cinco meses, eu fui conhecer sua família; aos sete, ficamos noivos e aos trezes meses nos casamos.
Agora vivo com ele na Alemanha e já temos um ano e dois meses de casados, com uma bebê de quatro meses. Apesar de parecer que tudo aconteceu muito rápido, vivemos muito felizes e cheios do Amor de Deus. Nunca foi fácil. Primeiro, um longe do outro: queríamos nos ver e conviver mais, mas a distância nos impedia. Depois, nossas famílias e alguns amigos com seus temores de que tudo era uma loucura. Agora estamos juntos, mas eu estou longe de minha família. Sinto muita falta deles, tive que renunciar a muitas coisas (meu trabalho, amigos, família, costumes, comida, idioma, país), tudo é um mundo novo, mas estou feliz e peço muito a Deus para conseguir ser uma boa esposa, mãe e filha, para ser um exemplo para os outros. Pelo amor de Deus, tudo se alcança. Sem dúvida, ele tem sido o protagonista de nossa história.
Ana Julia Rodríguez, Costa Rica, Alemanha